ISQ integra consórcio português nomeado pela ESA

  A Agência Espacial Europeia (ESA) elegeu um consórcio nacional para desenvolver a sua nova geração de sistemas de proteção térmica. O consórcio ficará responsável pelo projeto cTPS – Design of a Crushable TPS for the ERC – um sistema inovador que irá exercer, simultaneamente, funções estruturais e térmicas, e simplificar o processo de reentrada de cápsulas espaciais na Terra. A nova solução terá por base um inovador material compósito feito com cortiça. Este sistema combina a capacidade de absorção de energia de impacto na aterragem com a capacidade de suster as cargas térmicas geradas durante a reentrada na atmosfera terrestre. O resultado é uma solução de elevado desempenho, que permite simplificações significativas nos módulos de reentrada, diminuindo o seu custo e aumentando a sua fiabilidade. Além do ISQ, o consórcio luso selecionado é composto por Amorim Cork Composites, da Corticeira Amorim, a Critical Materials S.A. (CMT) e o PIEP – Polo de Inovação em Engenharia de Polímeros. O ISQ está a fazer uma grande aposta no sector aerospacial nomeadamente através da sua delegação de Castelo Branco onde continuam a bom ritmo as obras de construção do novo Laboratório Aeroespacial do ISQ no LABET. [Pormenor de implantação das vigas HEB 200 e do forte reforço de malha metálica do piso estruturado. Este piso foi projectado para poder suportar cargas verticais de 40 T em regime de fadiga por metro de perfil HEB e assim permitir efectuar ensaios estáticos e/ou dinâmicos de grandes componentes estruturais]  

INSTITUTO DE SOLDADURA E QUALIDADE

INSTITUTO DE SOLDADURA E QUALIDADE

O ISQ é uma entidade privada e independente com 50 anos de actividade, que presta serviços de inspecção, ensaio, formação e consultoria técnica.

Oferecemos aos nossos clientes serviços e soluções integradas e inovadoras garantindo a conformidade dos seus activos e produtos com as normas e regulamentos em termos de qualidade, segurança, ambiente e responsabilidade social.
INSTITUTO DE SOLDADURA E QUALIDADE
0 respostas

Deixe uma resposta

Quer contribuir para a discussão?
Sinta-se a vontade para contribuir!

Deixar uma resposta