ISQ Reabilitação avalia edifício sede do banco BPC em Luanda

  A realização da inspecção e ensaios não destrutivos para caracterização do estado de conservação da estrutura resistente de betão será efectuada no emblemático edifício, situado na marginal de Luanda desde 1967, com 22 pisos, 15.000 m2 de área construída e 90 m de altura. A TPF ANGOLA – CONSULTORES adjudicou, em Maio de 2014, ao ISQ Reabilitação, empresa do Grupo ISQ a operar em Angola, a caracterização do edifício em betão, fazendo este trabalho parte da reabilitação integral do referido edifício. O trabalho envolve o levantamento das anomalias visíveis, detecção da disposição e diâmetro das armaduras, medição da profundidade de carbonatação, determinação do teor de cloreto no betão, realização de ensaios esclerométricos e extracção de carotes para determinação da resistência à compressão do betão. O relatório final fornecerá valores que permitirão avaliar a integridade estrutural do edifício através de programa de cálculo, equacionando a eventual necessidade de reforço estrutural devido às novas funcionalidades do edifício. No desenvolvimento da actividade estiveram alocados quatro técnicos e equipamento específico para a realização dos ensaios não destrutivos. O ISQ Reabilitação é uma empresa do Grupo ISQ que presta serviços no mercado angolano nas áreas de construção civil, obras públicas e manutenção em geral. Executa também ensaios de controlo de qualidade, projectos de estruturas, fiscalização e gestão de obras.  

INSTITUTO DE SOLDADURA E QUALIDADE

INSTITUTO DE SOLDADURA E QUALIDADE

O ISQ é uma entidade privada e independente com 50 anos de actividade, que presta serviços de inspecção, ensaio, formação e consultoria técnica.

Oferecemos aos nossos clientes serviços e soluções integradas e inovadoras garantindo a conformidade dos seus activos e produtos com as normas e regulamentos em termos de qualidade, segurança, ambiente e responsabilidade social.
INSTITUTO DE SOLDADURA E QUALIDADE

Latest posts by INSTITUTO DE SOLDADURA E QUALIDADE (see all)

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer contribuir para a discussão?
Sinta-se a vontade para contribuir!

Deixar uma resposta