Medida Vida Activa

  No âmbito do projecto Medida Vida Activa, que visa qualificar para empregar em áreas técnicas cerca de 200 pessoas desempregadas só em Oeiras, os formandos do curso de “Técnico de Electrónica e Automação” visitaram o laboratório de automação e robótica do ISQ. O objectivo da visita foi mostrar aos formandos a aplicação da automação e da robótica enquanto processo de fabrico em larga escala e de execução de tarefas com alta precisão e conhecer o tipo de programação feita a este nível, limitações e vantagens na utilização de robôs. Pretendeu-se ainda demonstrar aos formandos que cada robô pode ser aplicado a uma determinada situação específica. No caso deste laboratório, os robôs estão direccionados para a soldadura de alta precisão. Barragens e Central Térmica Estes formandos e também os de Técnico Instalador e soldador de redes de gás e electricidade realizaram visitas de estudo à Barragem do Alqueva, à Barragem de Castelo de Bode e à Central Térmica do Pego. Estas visitas tiveram como objectivo dar a conhecer aos formandos o funcionamento de uma central hidroeléctrica, permitindo uma aplicabilidade dos conhecimentos adquiridos em sala. A vantagem destas visitas é promover o contacto com a real aplicação dos conceitos que estudam em sala. O ISQ privilegia este tipo de actividades práticas nas suas acções de formação, considerando-as uma dinâmica fundamental no contexto de formação sendo que os nossos laboratórios são de facto uma grande mais valia. .  

INSTITUTO DE SOLDADURA E QUALIDADE

INSTITUTO DE SOLDADURA E QUALIDADE

O ISQ é uma entidade privada e independente com 50 anos de actividade, que presta serviços de inspecção, ensaio, formação e consultoria técnica.

Oferecemos aos nossos clientes serviços e soluções integradas e inovadoras garantindo a conformidade dos seus activos e produtos com as normas e regulamentos em termos de qualidade, segurança, ambiente e responsabilidade social.
INSTITUTO DE SOLDADURA E QUALIDADE

Latest posts by INSTITUTO DE SOLDADURA E QUALIDADE (see all)

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer contribuir para a discussão?
Sinta-se a vontade para contribuir!

Deixar uma resposta