Turbina TERESA já está em funcionamento

Turbina TERESA já está em funcionamento O consumo de água como fonte de energia eléctrica. A Turbina TERESA, Turbina de Energia Renovável em Sistema de Abastecimento, está instalada em Aveiro e tem como objectivo diminuir a dependência eléctrica nesta zona, permitindo aumentar a produção eléctrica através do aproveitamento da pressão em excesso nas redes de abastecimento de água, a diminuição da tarifa dos utilizadores e a diminuição das emissões de CO2 na região e no País. A TERESA, ganhou o prémio Green Project Awards 2012 na categoria “Gestão, Eficiência e Recursos”. Este projecto resulta de uma parceria entre a Spheraa e a Luságua, constituída em Abril de 2009, e é uma promoção conjunta deste Consórcio, da Associação de Municípios do Carvoeiro-Vouga (enquanto proprietária do sistema de abastecimento) e da Águas do Vouga, S.A. (enquanto empresa concessionária do sistema de abastecimento da associação de municípios). Face ao sucesso do projeto, a Spheraa encontra-se já a desenvolver projetos semelhantes noutras zonas do país, permanecendo aberta a parcerias noutros locais. A Spheraa é uma empresa participada pelo ISQ e pela Luságua (Grupo Aquapor), que tem como objectivo projectar, construir e explorar sistemas de produção de hidroenergia em redes de abastecimento de água, potável e residual, em pequenas e grandes hídricas e em sistemas de abastecimento de água para rega. Saiba mais  

INSTITUTO DE SOLDADURA E QUALIDADE

INSTITUTO DE SOLDADURA E QUALIDADE

O ISQ é uma entidade privada e independente com 50 anos de actividade, que presta serviços de inspecção, ensaio, formação e consultoria técnica.

Oferecemos aos nossos clientes serviços e soluções integradas e inovadoras garantindo a conformidade dos seus activos e produtos com as normas e regulamentos em termos de qualidade, segurança, ambiente e responsabilidade social.
INSTITUTO DE SOLDADURA E QUALIDADE

Latest posts by INSTITUTO DE SOLDADURA E QUALIDADE (see all)

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer contribuir para a discussão?
Sinta-se a vontade para contribuir!

Deixar uma resposta