uPGRADE

Acrónimo: uPGRADE

Designação do projeto: uPGRADE  – miniaturized Prototype for GRavity field Assessment using Distributed Earth-orbiting assets

Código do Projeto: POCI-01-0247-FEDER-045927 e LISBOA-01-0247-FEDER-045927

Objetivo Principal: Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação

Região de Intervenção: Norte, Centro e Lisboa

Data de aprovação: 11-03-2020

Data de início: 01-07-2020   Data de conclusão: 29-06-2023

Custo Total Elegível: 1.943.732,13 EUR

Valor de financiamento: 1.395.328,52 EUR – FEDER

Apoio financeiro público nacional: 266.055,54€ – FCT

 


Objetivos

O projeto 45927 uPGRADE destina-se ao desenvolvimento, integração e preparação para a operação de um protótipo demonstrador de uma plataforma CubeSat de aplicação genérica com competência para fins comerciais e científicos, tais como a observação da Terra, comunicações, monitorização de território, suporte de constelações distribuídas e/ou fracionadas de nano-satélites e execução de missões no espaço cislunar e interplanetário. A demonstração das capacidades desta plataforma será feita usando o conceito de observação das variações do campo gravítico da Terra e medição da termosfera neutra – na linha das missões CHAMP (DLR), GRACE (DLR/NASA) e GOCE (ESA). Estas capacidades serão avaliadas em terra, através de uma validação cuidadosa e substantiva do protótipo que será preparado para voo, com o lançamento para órbita baixa fora do contexto deste projeto. Ainda assim, será desenvolvido um plano para o lançamento a partir do Atlantic International Research (AIR) centre no futuro. Com esta aplicação, que tem exigentes requisitos em termos de estabilidade estrutural e térmica, gestão de potência, comunicação de grande volume de dados e apertados requisitos em termos da precisão da medição da orientação e posição do satélite, pretendemos demonstrar a maior aplicabilidade possível no contexto dos nichos de mercado mais promissores no sector espacial atual e capacitar de uma forma eficiente e imediata a industria Portuguesa de experiência e know-how para competir no mercado espacial internacional.

 

Resultados esperados

O Projeto está dividido em 8 atividades:

  1. Gestão de Projeto e Planeamento Comercial
  2. Projeto Conceptual da Missão
  3. Projeto Preliminar
  4. Projeto Detalhado
  5. Desenvolvimento e Implementação
  6. Montagem, Integração, Teste e Verificação
  7. Qualificação
  8. Promoção e Disseminação de Resultados

Os resultados destas atividades irão traduzir-se num satélite – uPGRADE – que terá como função medir oscilações na gravidade terrestre, à procura de pistas sobre alterações na distribuição dos gelos terrestre

É mil vezes mais pequeno, cem vezes mais barato e será tão ou mais eficaz do que os seus antecessores. O satélite uPGRADE, irá medir alterações na gravidade terrestre e detetar a ocorrência de sismos. Estes dados podem ser cruciais para se compreender as alterações no clima terrestre – através da deteção do movimento das massas de gelo – e também para o estudo de sismos.

 

 


Este projeto recebeu apoio do Programa Operacional Competitividade e Internacionalização, Programa Operacional Regional de Lisboa LISBOA2020; FCT – Fundação para a Ciência e Tecnologia e UT AUSTIN PORTUGAL


Setor do Projeto: Aeronáutica / Aeroespacial, Centros de Investigação
País: Portugal
Parceiros: ISQ (Portugal), LABORATÓRIO IBÉRICO INTERNACIONAL DE NANOTECNOLOGIA (Portugal), UNIVERSIDADE DO MINHO (Portugal)
Programa EU: Programa Erasmus+ da União Europeia
Coordenação do Projeto: Spin.Works S.A (Portugal)
Contacto do Projeto:
Ano de Início: 2020
Duração: 3 anos
Website: