Gamma – Ex

Acrónimo: Gamma – Ex

Designação do projeto: Desenvolvimento de uma solução que recorre a veículos aéreos pilotados remotamente, para a deteção de ameaças biológicas, químicas ou radiológicas, bem como atmosferas explosivas.

Código do projeto:  135152572

Custo Total: 381.827€

Valor de financiamento: 355.100€


Objetivos:

As missões de reconhecimento de incidentes de origem Biológica Química, Radiológica e Nuclear (BQRN), regra geral são operadas por recursos humanos, sendo os operacionais expostos a elevadas concentrações destes agentes. Os riscos associados à presença humana em atividades de monitorização química e radiológica, levam a um esforço crescente no desenvolvimento de tecnologias que permitam executar estas ações de forma remota. Atualmente não existe equipamento aéreo não tripulado, que permita uma rápida ação de reconhecimento em cenários de natureza Q e R, capaz de efetuar o reconhecimento visual do local do incidente e detetar de forma remota os agentes envolvidos.

O projeto Gamma-Ex visa o desenvolvimento de um sistema aéreo com operação remota (RPAS – Remotely Piloted Aircraft System) preparado para conduzir ações de reconhecimento/ monitorização Nuclear, Radiológica e Química. A tecnologia tem capacidade de dupla aplicação, quer no âmbito militar, quer civil, nomeadamente em missões de apoio a catástrofes.

O projeto GAMMAex pretende ainda estender o emprego do RPAS, a cenários onde haja o perigo de atmosferas explosivas, através da construção de um sistema com certificação ATEX (Atmosferas Explosivas).

No final do projeto pretende-se obter:

Um sistema aéreo caracterizado por possuir autonomia de navegação, capaz de ser operado remotamente em cenários onde existe o perigo de exposição dos operadores a riscos Q e R, com capacidade para operar em atmosferas explosivas, através da construção de um sistema com certificação ATEX, é uma das características diferenciais do RPAS, apresentando-se como uma solução tecnologicamente inovadora, face aos sistemas já existentes.

Este sistema terá aplicações operacionais diversas destacando-se: a capacidade de emprego no reconhecimento visual e ou térmico das áreas afetadas; identificação da presença humana (ex.: vítimas ou terroristas); obstáculos; apoio logístico em operações NRQ (ex.: entrega de equipamentos e sobresselentes); obtenção de outras informações durante as operações de reconhecimento (ex.: monitorização de equipas operacionais, vigilância da zona de intervenção, etc.).


This project has received funding from the European Union’s Horizon 2020 research and innovation program under grant agreement No  680570.


Setor do Projeto:
País:
Parceiros: Centro de Investigação Naval - CINAV (PORTUGAL), Unidade Militar Laboratorial de Defesa Biológica e Química do Exército - CINAMIL (PORTUGAL), ISQ (PORTUGAL), Instituto Superior Técnico (Laboratório de Proteção e Segurança Radiológica) - IST (PORTUGAL)
Programa EU:
Coordenação do Projeto: I-SKYEX (PORTUGAL)
Contacto do Projeto: id@isq.pt
Ano de Início: 2015
Duração: 2017
Website: