Artboard 1

FESTIVAL INTERNACIONAL DA CIÊNCIA EM OEIRAS

Um evento surpreendente que nasce na ciência e tecnologia desenvolvidas em Portugal e se projeta para o mundo de forma pioneira, com uma forte aposta na educação, cultura e arte.

O ISQ participa neste evento com uma montra de projetos inovadores que mostram o que de bem se faz em Portugal

mars rover exploring the red planet surface, 3d illustration

SONDA PARA MARTE

Cápsula de reentrada atmosférica para exploração de Marte

O ISQ concluiu um projeto para a exploração de Marte. Com o nome de código cTPS o resultado já foi validado pela ESA e teve como objetivo o desenvolvimento do sistema de proteção térmica de uma capsula que irá trazer amostras de rególito (calhaus) de Marte para serem analisados na Terra. Uma solução de engenharia portuguesa que pega na cortiça, junta-lhe engenharia e inovação e cria uma capsula de reentrada atmosférica inovadora que promete ser uma referência em novos desenvolvimentos para missões espaciais. Oferecemos à ESA uma solução mais simples, mais leve, 25% abaixo do peso máximo exigido, e com redução de custos de produção. A sonda será lançada depois de 2020.

modern bathroom with brick wall

MAIS TEC: E-TIJOLO

Pontas de cigarros na composição de tijolos tradicionais

O E-Tijolo incorpora pontas de cigarros em elementos construtivos, nomeadamente tijolos. Vantagens: um produto mais leve, com melhores propriedades de isolamento e que reduz em 60% o consumo de energia necessária para a sua produção.
Este projeto inovador pretende integrar beatas de cigarros na composição dos tijolos tradicionais– provenientes do EcoPontas da Câmara de Guimarães -, através de processos de fabrico executados no Centro de Valorização de Resíduos. No fundo, estamos a falar de reutilização e reciclagem dos resíduos urbanos, alavancando atividades conexas que, via investigação e desenvolvimento, podem dar origem a novos produtos.
Já se tem vindo a comprovar, em vários estudos científicos internacionais, que a composição das beatas de cigarro apresenta vantagens na incorporação dos tijolos, nomeadamente contribuindo para a diminuição da argila necessária para o fabrico de tijolos, e a reutilização da ponta de cigarro enquanto resíduo. Para além disso, as beatas permitem reduzir os recursos energéticos na produção dos tijolos, o que melhora a eficiência energética dos processos. Em suma, podem reduzir quase em 60% o consumo de energia necessária para a produção de tijolos, ficando o produto final mais leve e com melhores propriedades de isolamento, ou seja, reduz custos futuros com o aquecimento e a refrigeração dos ambientes construídos.

AdobeStock 282216814

SMARTGREENHOUSE

Plataforma digital que faz monitorização de estufas

No âmbito do projeto MaisTec desenvolveu-se um dispositivo IoT, uma plataforma digital para a monitorização de estufas, SmartGreenHouse. O objetivo foca-se na contribuição de uma agricultura sustentável por via do aumento do conhecimento dos meios de cultura e variáveis intervenientes.
O dispositivo IoT permite medir em tempo real diversos indicadores, e.g. temperatura, humidade do ar, luminosidade, humidade no solo (cultura em substrato), electroconductividade da solução de irrigação (cultura em hidroponia), pH da solução de irrigação (cultura em hidroponia), CO2, O2, qualidade do ar.
Os dados medidos são enviados via wireless para uma base de dados integrada na plataforma digital. A plataforma desenvolvida permite visualizar o histórico de dados, monitorizar em tempo real as variáveis medidas, ou implementar modelos avançados para processamento e análise de dados. Assim, os resultados são disponibilizados num interface web, com possibilidade de também serem apresentados numa aplicação android.

Space satellite orbiting the earth. Elements of this image furnished by NASA.

SAGRES SMART

Suporte inteligente para prospeção geológica no fundo do mar baseada em recursos espaciais

O ISQ está a desenvolver o projeto SAGRES, baseado em serviços de deteção remota e em big data analytics, que recolhe informação de satélites de observação da terra da Agência Espacial Europeia (ESA).
O objetivo é desenvolver e implementar um serviço de consultoria web, baseado numa plataforma de suporte à decisão (PSD) que combina dados de observação da Terra de diversas fontes (OE) com inteligência artificial / Machine Learning (AI / ML) para melhorar a prospeção e exploração com vantagens para a indústria de exploração mineira em alto mar (DSM).
Este projeto inclui novas áreas de competência para o ISQ, que vão desde o conhecimento da instrumentação embarcada em satélites, sistemas de informação geográfica e big data analytics, bem como competências base em geologia e oceanografia.
O ISQ neste projeto tem o apoio da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e da Estrutura de Missão para a Extensão da Plataforma Continental (EMEPC).

Group of elementary school kids running in a school corridor

CLIMACT

Economia de baixo carbono nas escolas, através de abordagens complementares, como a eficiência energética, transporte sustentável, compras verdes, conservação de recursos e alterações de comportamentos. As metodologias e ferramentas criadas pelo ClimACT estão a ser otimizadas em 39 escolas de Portugal, Espanha, França e Gibraltar para posteriormente serem replicadas em outras regiões europeias.

IXV pillars

IXV : Veículo de reentrada atmosférica experimental

Este veículo demonstrador reutilizável e não tripulado é um projeto da Agência Espacial Europeia (ESA) e tem capacidade para fazer voos orbitais e de se deslocar em voo planado, entre a reentrada na atmosfera e o local de amaragem. O ISQ esteve muito envolvido no desenvolvimento do IXV, sendo a única entidade portuguesa que acompanhou, em permanência, este projeto desde o seu início. Mais recentemente, a colaboração com a ESA decorreu a partir do centro de ensaios que o Grupo detém em Castelo Branco.

INFANTE

INFANTE

Primeiro microssatélite português | Aplicações marítimas e comunicações a partir de constelações

O projeto Infante tem como objetivo demonstrar a capacidade nacional de desenhar, construir, integrar, testar e operar um demonstrador de um microssatélite em órbita baixa (500 km de altitude). Trata-se de um projeto de I&D para o desenvolvimento e demonstração em órbita de tecnologia para um pequeno satélite, percursor da observação de constelações vistas da Terra.

O ISQ é o parceiro responsável pela garantia da qualidade, segurança, desenvolvimento de um processo específico de montagem, integração e teste e pelas atividades de teste no nível do sistema e do subsistema.

AdobeStock 192737983

MOEEBIUS – Investigação europeia para otimização de consumo nos edifícios

O MOEEBIUS trata-se uma investigação europeia para otimizar consumos nos edifícios. A investigação visa criar modelos inovadores de qualidade do ar interior em edifícios e modelos de negócio para eficiência energética em edifícios, através do desenvolvimento de uma framework holística de otimização energética.

agua consumo

LIFE SWSS – Smart Water Supply System

Liderado pelo ISQ, o projeto visa demonstrar uma plataforma digital inovadora de gestão e tomada de decisão que, através de modelos de simulação, previsão e otimização, dá apoio à operação de Sistemas de Abastecimento de Água (SDA). O LIFE SWSS pretende dar resposta ao problema da eficiência de redes de abastecimento de água, que causa impactos significativos devido à enorme quantidade de energia consumida, as emissões de GEE associadas e fugas de água.

wind turbines closeup

PHASEWIND: “Investimento azul” para impulsionar as tecnologias sustentáveis ​​

O ISQ desenvolveu um sistema integrado para inspeção e controlo não destrutivo de soldaduras das torres eólicas durante o fabrico – o Phasewind.
Este desenvolvimento do ISQ, para além de aumentar a produtividade na inspeção de torres de turbinas eólicas durante a fabricação, garante uma maior qualidade de inspeção, ao ajudar a eliminar o erro humano durante a decisão de inspeção e deteção de defeitos.
Uma solução inovadora de inspeção e monitorização que combina diferentes técnicas de ensaios não destrutivos e visuais para realizar inspeções de alta velocidade e automáticas às soldaduras das torres de turbinas eólicas. Este sistema de inspeção totalmente automático não requer intervenção humana durante a sua operação porque consegue digitalizar e analisar o cordão de solda através de uma câmara de alta resolução e de técnicas ultrasónicas avançadas que analisam 100% do volume das soldas automáticamente, detetando assim os defeitos, sem necessidade de presença de operadores.

3D printer printing metal

IMPRESSÃO 3D INDUSTRIAL

O ISQ NA MANUFATURA ADITIVA

MULTI-FUN: Performance multi-funcional através de fabrico aditivo

O principal objetivo do projeto é promover um ganho significativo de desempenho e eficiência nos produtos de fabrico de aditivo metálico através da completa integração de multi-funcionalidades. Além disso, o projeto permitirá o design de vários materiais em peças de metal 3D geometricamente complexas sem limitação de tamanho por tecnologias inovadoras e económicas de fabrico aditivo.

HIPA2L: High Performance Additive manufacturing of Aluminium alloys

O ISQ foi convidado a integrar o projecto HiPA2l (High Performance Additive manufacturing of Aluminium alloys) que tem como objetivo desenvolver novas ligas de alumínio, destinadas a processos de fabrico ou manufatura aditiva, sob a forma de fio de soldadura, para a construção de componentes camada a camada.

SAM: Sector Skills Strategy in Additive Manufacturing

O projeto SAM visa o desenvolvimento de competências técnicas para qualificar os jovens interessados em trabalhar no setor do fabrico aditivo na Europa. O projeto tem como objetivo definir uma estratégia de qualificações para este setor, incluindo técnicas como a impressão 3D.

Também lhe pode interessar


2021-10-27 17:00:00

superbrands

Gala Superbrands