ISQ esteve no Lebanon National Training Workshop on ATP

ISQ debateu os benefícios do acordo ATP (Acordo relativo ao transporte internacional de géneros perecíveis e aos equipamentos especiais utilizados para esse transporte), que estabelece as normas para a preservação da qualidade dos alimentos perecíveis durante o seu transporte no Lebanon National Training Workshop on ATP.

 O LABET, localizado em Castelo Branco é o maior laboratório de ensaios para a indústria em Portugal. A sua capacidade para ensaios de certificação ATP  e emissão de certificado ATP chamou a atenção do EuroMed Transport Support Project (2017-2010) – projecto financiado pela Comissão Europeia para a criação de um sistema de transporte integrado para o mediterrâneo. Os países do médio oriente estão interessados em desenvolver parcerias com o Grupo ISQ na construção dos novos túneis ATP. Existe ainda interesse por parte do Euromed em colaborar com o ISQ em futuras campanhas a desenvolver noutros países.

O Acordo relativo a Transportes Internacionais de Produtos Alimentares Perecíveis e aos Equipamentos Especializados a utilizar nestes Transportes (ATP) – entrou em vigor em Portugal em 14 de Agosto de 1987 – e determina que o transporte internacional de certos produtos alimentares (congelados ou ultracongelados) só pode ser realizado em veículos cujos equipamentos tenham certificado ATP e indica quais as condições para ser obtida essa certificação.

ISQ

ISQ

O ISQ é uma entidade privada, independente, com sede em Portugal e que oferece aos seus clientes um vasto conjunto de serviços de Engenharia, Consultoria Técnica, Inspeções Técnicas, Ensaios e Testes e desenvolve também atividades de I&DT e Inovação.

Estes serviços são desenvolvidos pelo ISQ, ou pelas suas empresas participadas, recorrendo a equipas multidisciplinares e apoiadas em mais de 20 laboratórios acreditados. Os serviços são dirigidos aos sectores de Oil & Gas, Energia, Automóvel, Aeroespacial, Indústrias de Processo, Saúde, Transportes, Mobilidade, entre outros.
ISQ
0 respostas

Deixe uma resposta

Quer contribuir para a discussão?
Sinta-se a vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.