Freight manager talking with an engineer in a shipping yard

Criar competências verdes para empresas sustentáveis

Sustentabilidade, Indústria 4.0, Tranformação Digital

o vasto leque de ofertas de formação na área da eficiência energética e da energia proveniente de fontes renováveis mostra como o ISQ tem tido um papel ativo na concretização dos ambiciosos objetivos mundiais e europeus de descarbonização e das metas do green deal.

por Margarida Segard e Fernando Fonseca

Formação para o green deal

O ISQ tem sido “energia” ao longo destas décadas e tem criado competências verdes em Portugal inteiro e no mundo. Move-se pela inovação, move-se pela sustentabilidade, move-se pela capacidade de desenhar referenciais e programas de formação úteis ao país, às empresas e organizações e aos cidadãos e trabalhadores.
Com os ambiciosos objetivos mundiais e europeus de descarbonização e as metas do Green Deal, constata-se que as empresas e organizações portuguesas têm ainda um longo caminho a percorrer, sendo as competências um acelerador de inovação rumo ao futuro.

A ISQ Academy tem tido um papel ativo na aplicação das diretivas europeias relativas ao desempenho energético dos edifícios, das indústrias, dos transportes e doméstico. Nesse contexto, criou uma vasta oferta formativa nacional em matérias de eficiência energética e recurso a energia proveniente de fontes renováveis em edifícios residenciais, comerciais e industriais, contribuindo para a diminuição da poluição e da dependência energética do nosso país.

Aprendizagem em contexto real

O Centro de Formação e Laboratório ECOTERMOLAB, com prémio de Sustentabilidade “Norte Sustentável”, é um edifício energeticamente eficiente. Trata-se, por si só, de uma iniciativa de promoção de uma economia de baixo carbono, de racionalização energética, de melhoria de desempenho energético e ambiental de edifícios, de valorização e utilização de energias renováveis: solar térmica, fotovoltaica e eólica.

Vários fatores contribuem para potenciar a aprendizagem. É o caso da capacidade demonstrativa do funcionamento dos equipamentos e das infraestruturas, da utilização de tecnologia aplicada à gestão da procura de energia, das técnicas de conservação de energia e da integração de equipamentos de elevada eficiência energética. Desta forma, é possível passar da prática simulada para a prática em contexto real, o que torna o processo de aprendizagem mais rápido e enriquecedor, permitindo a capacitação de competências para os mais diversos setores.

Num âmbito de skills intelligence e benchmarking europeu, com parceiros de referência europeus e mundiais, temos aprendido e apostado seriamente na inovação, no saber fazer e “aprender na prática” ou “na prática, a teoria é diferente”.
O ISQ posiciona-se como o parceiro das empresas portuguesas e dos organismos do Estado para a capacitação “competências verdes” e “greening skills”, o que implica uma “democratização” das competências em todos os níveis funcionais corporativos e não apenas nas áreas técnicas ou de produção.

Na realidade, para se dar verdadeiros passos de transformação na transição “verde”, é preciso ter não apenas competências técnicas e certificações de competências técnicas ambientais, de energia e eficiência energética, mas também soft skills, liderança, competências “fluidas”, gestão de redes e networks, inovação, data analysis, entre outras.
A transição verde só se faz com um mindset verde holístico e universal de competências para todos os cidadãos, gestores e trabalhadores.

AF TQ11 300 dpi — spreads Page 28 Image 0001

potenciar a aprendizagem:

o isq tem capacidade demonstrativa do funcionamento dos equipamentos e das infraestruturas, passando da simulação ao contexto real.

Novas competências, novas formações

A ISQ Academy criou programas de formação associados a um leque de novas competências emergentes.

  • Impulsionado pela iniciativa pública “Água Quente Solar para Portugal” (AQSpP), o ISQ criou e continua a criar respostas formativas de qualificação, upskilling e reskilling, e formou milhares de técnicos, incluindo Técnicos Instaladores de Sistemas Solares Térmicos na esfera nacional, para as áreas de projeto, fiscalização, instalação e manutenção.
  • Em linha com as estratégias europeias e nacionais de redução do consumo de energia e de aumento da utilização de energia proveniente de fontes renováveis – para reduzir a dependência energética, assim como as emissões de gases com efeito de estufa –, surgiram iniciativas direcionadas para Projetistas AVAC, Peritos Qualificados, Auditores Energéticos, Técnicos de Energias Renováveis, TIM (Técnicos de Instalação de Manutenção de Edifícios e Sistemas) e Técnicos de Manuseamento de gases fluorados.
  • No que toca aos requisitos de certificação energética dos edifícios, a ISQ Academy tem vários cursos e diversas certificações, incluindo Perito Qualificado, para as seguintes áreas: eficiência energética, qualidade do ar interior, ensaios de receção de sistemas após a conclusão da sua construção, manutenção e monitorização do funcionamento dos sistemas de climatização, inspeção periódica de caldeiras e de equipamentos de ar condicionado e responsabilidade pela condução dos sistemas.

ISQ Maria Margarida Segard3

Diretora ISQ Academy Vice-presidente da Associação Europeia de Centros de Formação – EVBB, Advisor na Comissão Europeia e UNESCO – DG Employment, DG Mare, Adult Learning, Excellence in VET Training. Fundadora, ex-Presidente e atual Membro do Comité Executivo da Rede Nacional de Responsabilidade Social RSO PT.

insights relacionados

mais tópicos

Aeronáutica/Aeroespacial (8) Agricultura e Agroindústria (1) Energias Renováveis (7) hidrogénio (7) Indústria 4.0 (8) Inovação (9) Saúde e Life Sciences (4) Sustentabilidade (25) Tranformação Digital (7) Turismo (2)

+ insight

Política de Privacidade

Contribua


Sendo um projeto iniciado pelo ISQ, o insight está aberto a contributos de todos que queiram participar e possam trazer a sua visão, estudos científicos e opinião fundamentada para enriquecer os temas e o debate.

Se a sua atividade está ligada à investigação ou à análise e implementação de medidas nos tópicos aqui debatidos, contacte-nos com o formulário anexo.