22450009 1490597480977447 7695775539083486003 n

ISQ e ARALAB distinguidos nos Food & Nutrition Awards 2017

O ISQ e a ARALAB foram distinguidos no âmbito dos “Food & Nutrition Awards” com o inovador projeto ‘Grow to Green’ que está a revolucionar a forma como se cultivam alimentos (“indoor farming”).

“A grande motivação do ISQ para este projecto é o contributo tecnológico que podemos trazer, mas também criar um produto que se possa colocar em vários países, nomeadamente em países do Médio Oriente e outras regiões com dificuldades ao nível da água ou com condições naturais adversas à produção de frescos.” Refere Pedro Matias, Presidente do ISQ.

Por isso mesmo, a importância deste conceito não se resume apenas à produção agrícola. Apresenta um potencial de futuro no que respeita ao desenvolvimento académico e de investigação. Neste campo, assume particular relevância a cooperação com centros de I&D, Universidades, Escolas Agrárias e a muitas outras áreas do conhecimento. Desta união vão nascer novos princípios que certamente irão solidificar a tecnologia existente, abrindo portas a novas soluções futuras.

AdobeStock 282216814

SMARTGREENHOUSE

Plataforma digital que faz monitorização de estufas

No âmbito do projeto MaisTec desenvolveu-se um dispositivo IoT, uma plataforma digital para a monitorização de estufas, SmartGreenHouse. O objetivo foca-se na contribuição de uma agricultura sustentável por via do aumento do conhecimento dos meios de cultura e variáveis intervenientes.
O dispositivo IoT permite medir em tempo real diversos indicadores, e.g. temperatura, humidade do ar, luminosidade, humidade no solo (cultura em substrato), electroconductividade da solução de irrigação (cultura em hidroponia), pH da solução de irrigação (cultura em hidroponia), CO2, O2, qualidade do ar.
Os dados medidos são enviados via wireless para uma base de dados integrada na plataforma digital. A plataforma desenvolvida permite visualizar o histórico de dados, monitorizar em tempo real as variáveis medidas, ou implementar modelos avançados para processamento e análise de dados. Assim, os resultados são disponibilizados num interface web, com possibilidade de também serem apresentados numa aplicação android.

O Indoor Farming consiste numa tecnologia inovadora e sustentável para produção de vegetais frescos, saudáveis, sem pesticidas e herbicidas em qualquer local ou altura do ano. Um dos grandes benefícios desta tecnologia é eliminar a dependência do clima ou de uma estação do ano em particular, sendo possível produzir o que se quer, onde se quer, na altura do ano em que se quer, sem qualquer tipo de condicionalismos meteorológicos. Estamos a falar da produção de vegetais em ambiente totalmente controlado ao nível de luminosidade, temperatura, humidade e CO2. Por se tratar de um ambiente fechado e controlado, as plantas crescem protegidas das agressões exteriores. Caso de produtos hortícolas (rúcula, alface, ervas aromáticas) e outros frescos sem o recurso a herbicidas e pesticidas, reduzindo-se significativamente os custos e o impacte ambiental na produção e na cadeia logística. O projecto está a ser desenvolvido em Castelo Branco, apoiado no laboratório de eficiência energética do ISQ, e contando com a participação de uma equipa técnica multidisciplinar.

O Indoor Farming vem demonstrar não só que é possível cultivar vegetais sem recurso a solo ou luz solar mas também que é possível fazê-lo de forma sustentável, com baixos consumos de água e energia, de forma economicamente rentável e com um produto final de qualidade superior.

Também lhe pode interessar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *